Category : Produção de vídeo

Cases Produção de vídeo Video marketing

Como marcas inteligentes estão usando vídeos para gerar engajamento

Como marcas inteligentes estão usando vídeos para gerar engajamento


Uma das principais características do marketing digital é a capacidade de mensuração de resultados detalhados — o que facilita bastante identificar se houve retorno do investimento em cada uma das ações. E com os vídeos não é diferente. Alcançar resultados palpáveis é um desafio e tanto, principalmente considerando a quantidade de conteúdo disponível para o usuário. Por isso, é importante direcionar bem a produção audiovisual para alcançar a interação desejada de acordo com os seus objetivos. Veja como marcas inteligentes estão usando vídeos para gerar engajamento e inspire-se para desenvolver a sua própria estratégia:

Produza vídeos com o seu produto, e não sobre ele

O marketing de conteúdo se baseia em produzir material útil para o seu público sobre determinada área de conhecimento. Assim você promove a sua marca e, também, a sua posição de autoridade nessa área. Para fazer isso, é preciso pensar fora da caixa e descobrir quais são os conteúdos úteis e desejados pelo seu consumidor.

Faça vídeos demonstrando situações nas quais o seu produto é bem usado. Para resolver um problema cotidiano, por exemplo, com dicas de produtividade. Os vídeos da GoPro são uma excelente amostra, pois demonstram inúmeras aplicações de suas câmeras nos mais diferentes esportes radicais. Ao longo dos anos, muitos consumidores produziram vídeos semelhantes e agiram como “advogados” da marca, popularizando ainda mais o produto.

Mostre o seu diferencial

Use o vídeo para ganhar visibilidade para a sua qualidade, para o seu padrão de atendimento ou para o seu processo de produção diferenciado. Hoje, os consumidores valorizam muito a transparência e a sensação de exclusividade, que podem ser concretizadas com a ajuda de vídeos inspiradores e bem produzidos.

Mais uma fabricante de câmeras dá o exemplo: o processo de produção manual de cada unidade da Leika M9-P Edition Hermés é mostrada neste vídeo, que ressalta o cuidado com os detalhes e a qualidade dos materiais usados nesse produto para lá de diferenciado.

Crie vídeos sob demanda

Se o seu consumidor pede dicas, informações complementares ou formas diferentes de usar o seu produto ou serviço, uma maneira interessante de atender a esses pedidos é produzir conteúdo para um canal de vídeos. Dessa forma, você mata dois coelhos com uma cajadada só. Dialogar com seu público, atraindo atenção positiva para sua marca, e criar demanda para consumo da sua produção de conteúdo digital: quem não quer isso?

O canal do Magazine Luiza publica dicas de uso de produtos à venda em sua loja como uma forma de incentivar as compras em vários segmentos diferentes. Atenção ao começo do vídeo, no qual a própria personagem incentiva os pedidos de novos conteúdos a serem publicados no canal.

Faça piada de si mesmo

Segundo alguns gurus, saber rir das coisas da vida — inclusive de si mesmo — é um dos segredos da felicidade. E esse pode ser também um segredo de sucesso com vídeos on-line. A Microsoft, cansada de “apanhar” com feedbacks de usuários furiosos contra o navegador Internet Explorer, lançou este vídeo que fez muita gente se identificar com o personagem — e repensar sua opinião sobre o browser que todos amam odiar.

E você, conhece outros exemplos de como marcas estão usando vídeos para gerar engajamento? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Fale com a gente! Deixe suas dicas e dúvidas em nossa seção de comentários!

Read More
Produção de vídeo

Como o design do seu vídeo pode ajudar nas suas vendas?

Como o design do seu vídeo pode ajudar nas suas vendas

Pensar o design em vídeo ao se trabalhar com elementos técnicos que possibilitem uma produção audiovisual de fácil assimilação pelos seus públicos é passo fundamental para oferecer conteúdo de qualidade no universo digital. A importância de caprichar em um texto escrito é a mesma quando se trata de trabalhar com uma linguagem audiovisual que possibilite transmitir a mensagem desejada, levando em conta as necessidades específicas de cada projeto. Para criar um bom material, é importante seguir algumas dicas que ajudam a pensar no estilo do vídeo produzido. Confira:

A importância de saber quem é o público

Para engajar o público-alvo desejado, o vídeo deve — desde o início da conversa entre clientes e produtores — ser planejado levando em conta as metas do cliente. Só assim é possível propor um conteúdo personalizado, que esteja inserido no lugar de fala desejado e que possa comunicar uma mensagem clara e de fácil entendimento para todos.

Pensar em como se comporta o público que se deseja atingir e quais são as suas principais linhas de interesse ajuda a sair do zero e ter um ponto de partida para criar em cima da mensagem a ser transmitida. A participação de toda a equipe envolvida no projeto também é sempre bem-vinda para um brainstorm que qualifique as intenções iniciais.

Além disso, é preciso saber como o segmento com o qual se irá trabalhar encontra-se inserido no mercado, quais as principais tendências em vendas nessa área e o que o design do vídeo em produção pode contribuir para agregar valor a esse nicho. Se precisar de uma ajuda extra, não deixe de consultar designers freelancers e outros parceiros.

O momento de experimentações com o conceito do vídeo

A partir da pesquisa prévia, é preciso começar a aplicar na prática o que foi garimpado, chegando a alguns modelos de design. Eles servirão para se aproximar daquilo que deseja o cliente a partir dos elementos gráficos e textuais já levantados pelo briefing.

É preciso ter em mente que essa é a hora de realizar testes e ver como as questões técnicas podem servir ao projeto, sem engessá-lo ou levá-lo para longe dos objetivos iniciais. Depois, será tarde demais para evitar um feedback negativo.

Quando um cliente solicita um vídeo para seu público-alvo, é preciso levar em conta qual linguagem (formal ou informal), que tipo de abordagem (direta ou figurada) ou mesmo que recursos de iluminação, cor e fonte são os ideais de acordo com o perfil do consumidor.

Chegar a um conceito que norteie a equipe não é fácil, mas fundamenta o trabalho de identidade visual a ser desenvolvido. O cliente espera que a equipe use de criatividade para solucionar sua questão, mas há limites. Portanto, lembre-se que a linguagem audiovisual deve estar a serviço de uma proposta de venda que depende de cativar uma audiência cada vez mais exigente e segmentada no universo on-line.

A animação como uma boa alternativa

Em alguns casos, um recurso bem-vindo pode ser o da animação em vídeo. O uso desse tipo de ferramenta no marketing digital vem crescendo e possui seus atributos: além de ser um recurso ágil e que possibilita extravasar alguma criatividade, os vídeos animados viralizam na rede quando sua ideia central é realmente boa.

Além disso, por sua própria constituição, se mostra mais atraente do que as técnicas já conhecidas de produção audiovisual baseadas em fundos coloridos e textos com fontes gritantes.

Porém, a escolha de uma ferramenta como essa deve estar dentro do esperado pelo seu cliente, já que em alguns casos o “feijão com arroz” é mais recomendado em se tratando de uma venda tradicional de um produto que quer atingir um público mais conservador. Do contrário, mãos à obra! Produza um conteúdo diferenciado para um vídeo com possibilidades de compartilhamento ampliadas.

Você tem alguma ideia interessante sobre design de vídeos e quer compartilhar com a gente? Então deixe um comentário neste post!

Read More
Produção de vídeo

5 maneiras de usar vídeos curtos nas redes sociais

5 maneiras de usar vídeos curtos nas redes sociais

Vamos falar a verdade: quando o assunto é vídeo para a web, nenhuma empresa precisa criar um novo O Senhor dos Anéis, com três horas de duração, para divulgar a sua marca — aliás, não façam isso! Mesmo com toda a tecnologia e espaço em disco disponível, os vídeos curtos, como os de seis segundos do Vine ou de 15, no Instagram, continuam como os mais certeiros no mercado.

E como aqui o nosso papo é prático, mostraremos 5 maneiras de aproveitar esse formato de mídia para criar uma boa relação com os seus seguidores e, claro, alavancar as suas vendas. Confira!

Ensine algumas receitas

Você não precisa assistir 20 minutos do programa da Bela Gil para aprender a fazer uma melancia grelhada — e novamente: não faça isso! — ou qualquer outro tipo de receita. Marcas como a Quest Nutrition tem conseguido apresentar algumas dicas práticas para cozinha com apenas 15 segundos. Este exemplo mostra como é possível fazer isso com um toque de humor e uma boa edição.

Apresente um novo serviço

Assim que a Apple lançou o seu serviço ApplePay, que substitui cartões de débito e de crédito por smartphones, a Sephora, uma empresa especializada na venda de cosméticos e produtos de beleza, resolveu adotar essa forma de pagamento e divulgar a novidade com um simples vídeo no Vine que mostra como o serviço é simples e rápido.

Faça você mesmo

E se você ensinasse os seus seguidores todos os dias a fazerem alguma coisa por conta própria (o famoso Do it Yourself)? Essa é a ideia dos pequenos vídeos que estão no canal do Vine do wikiHow.

Transmita algo ao vivo

Aplicativos com o Periscope permitem que uma pessoa transmita algum streaming de vídeo para a web através do seu smartphone. Isso pode ser muito útil para fazer chamadas para eventos ao vivo (como o lançamento de um novo espaço da cidade).

Vale dizer também que, se você desejar fazer algum vídeo apenas para aquele determinado lançamento e não quiser que ele continue no seu histórico, é possível usar o Snapchat!

Lance um trailer

Você pretende lançar um produto no mercado e quer criar uma expectativa? Então faça como a Disney: antes que o novo trailer do Star Wars fosse lançado na rede, a empresa publicou pequenas chamadas no Instagram. No dia em que a prévia foi realmente ao ar, todos já estavam aguardando ansiosamente — o que tornou a pré-venda de ingressos para o filme a maior da história do cinema!

Com tantas maneiras de criar vídeos curtos e chamativos para a web, a pergunta é: por que você ainda não começou a fazer os seus? Acha que é complicado? Então confira o Producteaser! Ele é uma ferramente desenvolvida para ajudar o produtor de conteúdo a gerar os seus vídeos de forma bem simples e fácil através de templates.

E então, gostou do nosso post? Conhece outras maneiras de usar vídeos curtos nas redes sociais? Então conte para a gente! Deixe o seu comentário aqui mesmo.

Read More
Estratégia em vídeo Produção de vídeo Video marketing

5 motivos para utilizar vídeos como ferramenta de marketing

unnamed-12

Já faz algum tempo que as palavras “luz”, “câmera” e “ação” deixaram de ser importantes apenas para o mundo do cinema e da televisão. Com a popularização de câmeras e da internet, a produção de vídeo deixou de ser uma exclusividade para poucos. Agora, usar esse tipo de material como estratégia de marketing se tornou essencial para toda marca que queira se dar bem no ambiente digital. Mas se você ainda não sabe como isso pode ser uma boa para a sua empresa, leia este post. Aqui nós vamos listar 5 motivos para você começar a pensar nos vídeos como ferramenta de marketing. Confira:

Criam uma audiência relevante

A internet é um meio no qual a maioria dos usuários prefere mensagens que duram segundos. Por isso, encontrar pessoas que dedicam minutos à sua marca é um verdadeiro achado. Quando você corre atrás de assinantes de canais de vídeo ou internautas que assistem e compartilham o seu conteúdo, está indo de encontro a uma audiência que realmente tem interesse em seu negócio.

Aumentam a taxa de engajamento

Nosso cérebro interpreta imagens, em movimento ou não, até 60 mil vezes mais rapidamente do que textos! Isso explica o resultado de pesquisas que indicam que postagens com vídeos e fotos geram muito mais compartilhamento em redes sociais do que conteúdo escrito, apenas — não é por menos que o Facebook adotou o autoplay em seu feed de notícias, a ideia é aumentar o engajamento dos seus usuários.

E isso não para por aí: as chances de melhorar o posicionamento do seu site nos resultados de busca do Google aumentam de acordo com o número de pessoas engajadas com seu conteúdo.

São os queridinhos do universo mobile

Segundo um estudo feito pela empresa de tecnologia Ericsson, 80% dos usuários de smartphones entre 16 e 45 anos assistem e fazem download de vídeos a partir de seus celulares mais de 100 vezes em uma semana. Com esse público preferindo cada vez mais os aparelhos móveis do que a televisão, a pesquisa indica que em poucos anos o streaming de vídeos ultrapassará a audiência da TV aberta.

Passam a mensagem em pouco tempo

Sabe aquela história de que uma imagem vale mais do que 1.000 palavras? Segundo James McQuivey, analista da Forrester Research — uma das maiores empresas de tecnologia e marketing do mundo —, 1 minuto de vídeo vale mais do que 1,8 milhão de palavras. E isso é muita palavra, não é mesmo? Ainda de acordo com McQuivey, 1 único frame de vídeo pode resumir até 3 páginas de um livro. Como a maioria das pessoas tem preguiça ou pouco tempo para ler, que tal dar uma mãozinha pra elas?

Crescem a taxa de conversão

Explorar o depoimento de pessoas que usam produtos ou serviços é uma estratégia de marketing dos tempos áureos da TV. E não é à toa que ela continua sendo usada até hoje — inclusive na web. Algumas pesquisas já comprovaram que é natural do ser humano dar mais credibilidade a imagens de outras pessoas do que em meras palavras. Logo, se a evolução nos preparou para isso, por que não seguir em frente com a ideia?

Seja na telinha dos celulares ou nas gigantescas televisões de LED, o conteúdo em vídeo tem se mostrado cada vez mais importante como ferramenta de marketing para muitas empresas de todo o mundo. Como a febre do vídeo chegou com tudo, é tão importante usar essa estratégia a favor de seu negócio quanto ter um site ou uma página nas redes sociais.

E aí, gostou de saber como sua empresa pode ser dar bem no mercado usando vídeos como ferramenta de marketing? Então deixe um comentário. A gente quer saber qual é a sua opinião!

Read More
Estratégia em vídeo Produção de vídeo Video marketing

Por que as pessoas adoram vídeos?

unnamed-2

O ser humano sempre foi apaixonado por imagens em movimento. Não por acaso o cinema foi, durante um bom tempo, o entretenimento favorito de 9 em cada 10 pessoas no mundo — isso porque sempre tinha 1 que não conseguia ingresso para entrar na sala. E mesmo com o avanço do tempo, a nossa paixão pelo audiovisual não mudou em nada. Aliás, ela só aumentou. Vide a popularidade de sites como o YouTube.

Por causa disso, criar bons vídeos se tornou um diferencial competitivo para várias empresas que se dão bem no mercado. Mas o que essas marcas estão fazendo para lucrar com a demanda por conteúdo audiovisual? E por que as pessoas adoram tanto esse tipo de coisa? Bem, para responder a primeira parte, temos que entender por que imagens fazem tanto a nossa cabeça. Confira:

Por que as pessoas adoram vídeos?

“Uma imagem vale mais do que mil palavras.” Essa frase pode até ser um clichê, mas faz total sentido. Segundo a especialista de estudo de comportamento Susan Weinschenk, existem pelo menos 4 motivos que explicam por que ficamos tão encantados com conteúdos em vídeo:

  1. Um rosto traz mais credibilidade do que um texto: de acordo com a pesquisa de Weinschenk, um rosto humano transmite uma ideia maior de credibilidade para quem assiste a um vídeo do que um texto escrito pode passar para quem o lê. Culpa da evolução;
  2. A voz humana deixa uma informação ainda mais rica: na mesma pesquisa, a especialista descobriu que o som da voz humana converte melhor os significados de algumas informações em nosso cérebro;
  3. Nós gostamos de compartilhar emoções: desejar bom dia no Twitter, discutir política no Facebook, curtir fotos de amigos no Instagram… Somos viciados em compartilhar e interagir com emoções alheias. E como expressões corporais são bastante eficientes em transmitir emoções, os vídeos largam na frente;
  4. Coisas em movimento chamam a atenção: também é culpa da evolução, diz Susan Weinschenk. Segundo ela, só evoluímos graças ao fato de prestar atenção em coisas em movimento. E como hoje não precisamos tomar cuidado com a ameaça dos mamutes, focamos essa atenção em outros pontos, como os vídeos.

Muito legal. Mas será que essa nossa vontade de assistir a vídeos continuará crescendo? Ao que tudo indica, graças à internet, sim.

Como o conteúdo audiovisual tem movimentado a web?

Neste ano, o YouTube soprou sua décima velinha e mostrou que ainda tem muito chão para correr. Segundo a Cisco, uma das maiores marcas de tecnologia do mercado, até 2017 a demanda por vídeo será responsável por 67% do consumo de internet no mundo! E isso não é pouca coisa, hein? De acordo com a mesma pesquisa, até 2019 esse número subirá ainda mais, chegando a quase 80% do total de dados transferidos pela rede.

Ou seja: se até algum tempo atrás o importante para uma empresa era ter um site e estar nas redes sociais, pode saber que ter conteúdo em vídeo será o próximo passo para quem quiser sobreviver no mercado digital.

Como negócios engajam o público com vídeos?

Antes mesmo de existir YouTube e Vimeo, a fabricante de automóveis alemã BMW apostou, ainda em 2001, no conteúdo de vídeo criado para a web com 8 sensacionais filmes protagonizados por artistas famosos e diretores de renome. A série foi um sucesso e apontou o futuro para muitas outras empresas.

Hoje, marcas de todo porte colhem os frutos com material audiovisual produzido para a web. O mecânico Alexandre Generoso, por exemplo, aumentou seu faturamento em mais de 40%)depois que lançou o High Torque, um canal do YouTube no qual ele mostra o conserto de alguns carros de clientes e responde perguntas dos seus quase 300.000 seguidores.

Resumindo: não importa o tamanho da sua empresa, estar na web pode ser uma boa saída para qualquer um. Seja por meio do YouTube, de redes de display ou de qualquer outro sistema, o fato é que o conteúdo audiovisual é hoje uma excelente maneira de criar engajamento com a marca e ainda descolar uma boa grana na web.

Como somos todos apaixonados por conteúdo audiovisual, que tal começar a criar vídeos? Conte para a gente como você pretende fazer isso! Deixe um comentário!

Read More